Notícias institucionais

06 de Dezembro de 2015 - 08:55:00h

Novo bloqueio limita chuvas a partir do dia 10 no Brasil Central, diz agrometeor


Chuvas chegando em Jataí/GO na última semana - Foto do engenheiro agrônomo Hildo Antônio

Os produtores da região Central do Brasil devem se preparar para um novo período de tempo seco. Segundo explicou o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Somar Meteorologia, um novo bloqueio atmosférico deve se formar sobre essa porção do país a partir desta quarta-feira (10) e durar até meados de dezembro, ou seja, final da próxima semana. 

"As chuvas ficarão mais concentradas sobre a faixa leste e sul do Brasil nesse período. Somente por volta do dia 15 é que há previsão para chuvas no Mato Grosso e demais regiões da faixa norte, mas mesmo assim, serão de baixa intensidade e muito localizadas. E com esse bloqueio atmosférico, culturas como soja, poderão voltar a sentir os efeitos negativos dos baixos índices de umidade e potencializar as perdas que já são grandes em algumas regiões", explica Santos em seu boletim desta segunda-feira (7)

Se, aparentemente, o problema com a estiagem parecia ter perdido força, o especialista diz: "pelo contrário. Vem uma falta de chuvas por aí". Santos explica que os locais mais afetados deverão ser todo o estado de Mato Grosso, o norte de Mato Grosso do Sul, norte de Goiás, norte de Minas Gerais, a área do MATOPIBA, e mais o Pará. 

A frente fria que vinha trazendo essas chuvas que puderam ser registradas em todo o país no último final de semana já se desloca do continente para o oceano, não permitindo que as precipitações cheguem ao Brasil Central. 

"Para essa semana há previsões de mais chuvas nessa segunda-feira para grande parte das regiões Sudeste, Centro-oeste e no MATOPIBA, assim como no Pará. Contudo, no Centro-oeste e na faixa norte essas serão, mais uma vez, na forma de pancadas. Mas mesmo assim, darão condições para a continuidade do plantio", informa o alerta do agrometeorologista.

Em alguns pontos como a região Sudeste, nas últimas 24 horas, foram registrados volumes de chuvas que variaram de 20 a 50 mm, ainda segundo Marco Antônio dos Santos. Já no acumulado de dezembro, esse intervalo sobe para algo entre 50 e 150 mm. Entretanto, ainda segundo o meteorologista, os volumes maiores seguem concentrado no Sul do país. 

Nos últimos sete dias, como mostra o boletim semanal da Climatempo, os acumulados nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste foram bastante expressivos, variando de 30 a 100 mm, como mostra a figura a seguir. "Na semana passada a formação de sistemas de baixa pressão, o avanço de uma frente fria, além do ar quente e úmido, provocaram chuva em grande parte do Brasil. Somente a Região Nordeste e parte da Região Norte, estiveram sob a influência do ar seco, que deixou o tempo bem aberto, sem chuva", informa o reporte.



Cotações
    
  • Dolar

    +0,08% R$ 3,29

  • Euro

    +0,43% R$ 3,89

Venda de usados
Conheça nossas variedades. Veja mais
Holerite online

Preencha todos os campos!